Sinais físicos e psicológicos da ansiedade que você precisa conhecer | SOS Dr
SOS Dr

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Já possui cadastro? Acessar conta!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

Titulo Teste

Para realizar o agendamento ligue: 0800 580 9771

Ou agende pelo WhatsApp:

A ansiedade pode aparecer em várias formas, sejam elas físicas ou não. Grande parcela da população está enfrentando ou já enfrentou crises de ansiedade. São vários os fatores existentes no mundo e em nossa sociedade que tem contribuído para isso. Fatores esses, que vão desde a situação econômica e política do mundo ou do país, até mudanças na dinâmica de vida das pessoas.


Todas essas questões podem contribuir para desequilíbrio da saúde mental. Os meios de comunicação permitem que os indivíduos estejam a par de tudo o que acontece em nível global. Sendo assim, ao mesmo tempo que a informação é útil, também pode desencadear preocupações e projeções excessivas sobre o futuro.


Embora não seja possível apontar uma causa específica para a ansiedade, estudos mostram que o meio no qual estamos inseridos impacta significativamente as nossas vidas. Portanto, o desenvolvimento da ansiedade, pode ser atribuído tanto ao ambiente externo, quanto ao emocional e história de vida de uma pessoa.




Fonte https://br.freepik.com/fotos/escola'>Escola foto criado por yanalya - br



Como a ansiedade pode aparecer?



O transtorno da ansiedade pode se manifestar no ser humano de diversas formas. Para um diagnóstico preciso, é necessário analisar um conjunto de sintomas físicos que são experimentados juntamente com os sintomas psicológicos. Conheça alguns deles!




Sintomas físicos




1 - Coração acelerado



O coração acelerado ou a famosa palpitação ocorre por conta da grande quantidade de adrenalina que é liberada no organismo, hormônio responsável por regular o sistema cardiovascular. Por consequência, a frequência cardíaca aumenta tanto que é possível sentir os batimentos do coração. Nesses casos, respirar bem fundo algumas vezes pode ajudar a controlar os batimentos até voltar a normalidade.




2 - Respiração ofegante ou falta de ar



A falta de ar relacionado à ansiedade tende a ser o resultado da hiperventilação. Que ocorre quando o corpo está recebendo oxigênio em excesso e expelindo uma alta quantidade de dióxido de carbono. A hiperventilação ocorre devido à percepção do corpo de alguma ameaça (ela pode estar concretamente presente ou pode ser fruto de pensamentos ou crenças) e entra em modo de auto-preservação, luta ou fuga.



3 - Suor excessivo



O suor também é uma reação de “lutar ou fugir” do organismo, já que possui ligação aos níveis de adrenalina no corpo. Visto que a ansiedade mantém o corpo em estado de alerta constante, suar em excesso pode acontecer com frequência para quem é ansioso. Além disso, o sintoma também é comum em diversos outros transtornos, como a fobia social, por exemplo.




4 - Tensão Muscular


Com a presença de sentimentos negativos, os músculos ficam tencionados e o corpo sobre uma sobrecarga. A tensão é um feedback do organismo a um perigo em potencial.




5 - Náuseas



A náusea surge porque, ao estar num estado ansioso, o cérebro libera neurotransmissores para acordar o corpo e prepará-lo para responder a possíveis ameaças. Alguns desses neurotransmissores podem entrar no canal digestivo, desequilibrando a flora intestinal. Por conta disso, outros sintomas como diarreia, constipação e indigestão também são comuns da ansiedade.




Sintomas psicológicos



1 - Irritabilidade



Pessoas com ansiedade tendem a se estressar de maneira desproporcional, isto é, problemas simples do dia a dia causam uma irritação extrema. Além disso, ficar irritado(a) com algo de pouca importância vai muito além de um momento específico, podendo durar o dia todo.




2 - Pensamento obsessivo


O pensamento obsessivo é caracterizado pela incapacidade de estar no controle de pensamentos e comportamentos periódicos. Sendo assim, o pensamento obsessivo também pode estar relacionado a transtornos do humor como depressão e transtorno bipolar. Além disso, Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC), Transtorno de Pânico e muitas outras condições psicológicas, apresentam o sintoma.




3 - Excesso de planejamento



Se planejar é importante, em todos âmbitos da vida, seja profissionalmente, financeiramente, ou até planejamentos simples, como o de uma viagem no final de semana. Contudo, quando esse planejamento se torna exagerado, ao invés de ajudar, só atrapalha. Isso porque,pode gerar perturbações, preocupações e pensamentos ansiosos. Estar o tempo todo voltado para o futuro e não vivenciar inteiramente as experiências do momento presente, é completamente prejudicial para a saúde.




4 - Sonolência ou insônia



A alteração do sono é um dos principais sintomas do transtorno de ansiedade. A pessoa ansiosa acaba enfrentando dificuldades para dormir porque não consegue se desligar de suas preocupações. Em contrapartida, justamente por não conseguir ter uma boa noite de sono, o paciente já se sente cansado logo pela manhã, o que pode levar a episódios de sonolência durante o dia.




5 - Descontrole alimentar



O consumo de grandes quantidades de comida, especialmente carboidratos simples e açúcares, fazem com que a glicose seja elevada, causando picos do hormônio insulina. A partir desse processo, a pessoa experimenta uma sensação prazerosa. Por conta do seu pouco tempo de duração, a pessoa ansiosa passa a comer mais, para alimentar esse ciclo, gerando um descontrole alimentar.

 








Fontes:

https://www.vittude.com/blog/

https://blog.psicologiaviva.com.br/

https://drauziovarella.uol.com.br/