Confira os sinais que indicam exaustão mental | SOS Dr
SOS Dr

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Já possui cadastro? Acessar conta!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

Titulo Teste

Para realizar o agendamento ligue: 0800 580 9771

Ou agende pelo WhatsApp:

O cansaço mental pode prejudicar tanto a saúde física quanto a psicológica, afetando o seu desempenho em diversos aspectos da vida.


Já se sentiu esgotado no final do dia? Querendo simplesmente dormir por pelo menos umas 10 horas consecutivas? Então, se sentir assim de vez em quando depois te passar por um dia longo, é completamente normal. Isso, só se torna um problema quando se torna frequente.


Basicamente, o cansaço mental ou exaustão mental indica que seu cérebro chegou ao limite por conta de diversos fatores, podendo até, evoluir para uma Síndrome de Burnout (distúrbio psíquico causado pela exaustão extrema). Segundo uma pesquisa realizada pelo Ibope, 98% dos brasileiros se sentem um pouco ou muito cansados mental e fisicamente.




Fonte:  Freepik/photo created by tirachardz 



As principais causas da exaustão mental, são:



1. Grande volume de trabalho, principalmente sem pausas ou férias por longos períodos;

2. Longos períodos de estímulo intelectual, como estudo e pesquisas escolares/universitárias;

3. Exposição frequente a diversos estímulos de redes sociais ou de meios de informação;

4. Estresse constante devido a rotina intensa e agitada;

5. Depressão e ansiedade.




Quais são os sinais da exaustão mental?



•Desânimo;

• Cansaço excessivo;

• Sonolência;

• Insônia;

• Dificuldade de concentração;

• Perda de memória;

• Alterações constantes de humor;

• Irritabilidade;

• Angústia;

• Tristeza.




Evite o cansaço mental com 5 dicas



1. Defina suas prioridades: organizar todas as tarefas e compromissos evita que você perca tempo e faça tudo correndo. Dessa forma, você tem maior controle sobre sua rotina, evitando estresse e frustrações.


2. Se alimente bem: é por meio da alimentação que você tem mais energia e disposição para realizar os afazeres do dia a dia.


3. Movimente-se: fazer atividade física, além de ser essencial para a saúde, ajuda e muito para o combate do estresse. Escolhe uma modalidade que mais te agrade.


4. Procure um profissional: mente sã, corpo sã! Cuidar da mente é tão importante quanto cuidar da saúde física. Sendo assim, um acompanhamento psicológico em momentos de muita tensão e responsabilidade, é de grande ajuda.


5. Dedique uma parte do seu tempo nos pequenos prazeres: almoçar com a família, conversar com um amigo, assistir um filme, ouvir música, ler um livro, dançar ou mesmo tomar aquele banho relaxante, são atividades que proporcionam momentos de bem estar e relaxamento, fundamentais para recarregar as energias.