SOS Dr

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Já possui cadastro? Acessar conta!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

Titulo Teste

Para realizar o agendamento ligue: (14) 3433-4922

Ou agende pelo WhatsApp:

Você está em: UNIDADE MARÍLIA

Quanta mais estresse você passa, mais espinhas surgem no seu rosto? O que acontece, é que a acne pode surgir por vários motivos, e um deles é justamente o estresse.






Primeiramente vamos entender o que é a acne. A acne é uma doença causada pela ação de bactérias ou por inflamações nas glândulas sebáceas que formam cravos e espinhas. Essas glândulas produzem uma secreção que é denominada como sebo. Ele possui uma textura oleosa por ser formado de triglicerídeos, colesterol e ácidos graxos, ou seja, por gorduras.

Quando levamos uma rotina de vida conturbada ou passamos por momentos estressantes, o cortisol (hormônio do estresse) é liberado, estimulando os androgênios, que por sua vez acionam ainda mais as glândulas sebáceas. Os androgênios pertencem à um grupo de hormônios produzidos nas glândulas adenoides e nos ovários, sendo o mais conhecido deles a testosterona. Uma de suas principais funções, é justamente regular a produção do sebo pelas glândulas sebáceas. É por isso que quando há um nível muito intenso de sua produção, surgem mais espinhas.



Aumento da acne nas mulheres


As mulheres também são até três vezes mais propensas a sofrer de acne do que os homens. Esta diferença pode ser devido ao fato de a pele feminina ser mais sensível à ação dos hormônios masculinos sobre as glândulas sebáceas



Tratamento


Nesse caso, o primeiro passo para um tratamento adequado seria descobrir a causa do estresse e buscar melhorar o estilo de vida. A inclusão de atividades relaxantes e divertidas podem ajudar. Escolha o que te faz bem.

Entretanto, vale destacar que os cuidados com a pele não podem ficar em segundo plano. Aqui vai algumas dicas.



Não tome sol sem protetor solar

O sol deve ser evitado principalmente por quem toma medicamentos para tratar a acne. Isso porque, as fórmulas químicas em contato com os raios solares podem potencializar ainda mais o grau de queimaduras e o aparecimento de rugas. Também é recomentado utilizar filtros sem óleo na fórmula.


Lave o rosto com um sabonete adequado

Pele oleosa, pele seca, pele mista, enfim. Cada pessoa possui um tipo de pele, por isso é tão importante descobrir qual é o seu tipo de sabonete específico. Procure lavar o rosto entre duas e três vezes ao dia. Mais do que isso, pode gerar um efeito rebote e desencadear ainda mais acnes.


Evite espremer

A ação de espremer uma espinha na tentativa de tentar removê-la pode fazê-la ficar por mais tempo, causando inchaço, irritação e cicatrizes vermelhas ou marrons.


Lave o cabelo

Lavar o cabelo com frequência é importante para quem tem os fios mais oleosos. A oleosidade dos fios pode passar para a pele quando em algum momento o cabelo acaba entrando em contato com o rosto.


Use máscara facial

 As máscaras são muito importantes, pois nutrem a pele. Cada máscara pode ter uma ação mais específica. Em geral eles servem para hidratar, esfoliar, desintoxicar e aumentar a circulação sanguínea. Escolha a que melhor irá atender a sua necessidade.










Referências :


https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/acne/23/

https://helloclue.com/pt/artigos/ciclo-a-z/tudo-sobre-os-androgenios

https://delas.ig.com.br/beleza/2018-11-12/espinhas-estresse-pele.html

https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/beleza/sua-pele/cuidados-especiais/estresse-favorece-o-aparecimento-de-acne-saiba-como-tratar,2a1450016d8cf310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html