Como diminuir o acido urico. Lista de alimentos que o reduzem | SOS Dr
SOS Dr

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Já possui cadastro? Acessar conta!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

Titulo Teste

Para realizar o agendamento ligue: 0800 580 9771

Ou agende pelo WhatsApp:

O ácido úrico é uma substância que nosso corpo produz quando decompõe as purinas. Aparece devido ao próprio funcionamento do corpo e através dos alimentos que comemos. Alguns deles, aqueles que são muito ricos em proteína animal, como carnes gordurosas e peixes, apresentam alto teor de purinas. Quando o corpo os metaboliza, o ácido úrico é produzido. Alguns são usados ​​pelo corpo na regeneração celular e outros são descartados na forma de ácido úrico.


Se houver um consumo excessivo de proteínas e houver certas condições genéticas, esses cristais de ácido úrico se depositam nas articulações e podem causar desconforto agudo ou transformar-se em artrite crônica. Eles também podem desencadear um ataque de gota. A maioria das pessoas com ácido úrico alto vai ao médico com dor nas articulações, pois é ali que as purinas foram colocadas. As partes do corpo onde esses depósitos de cristal são mais gerados são as orelhas, cotovelo, mãos, joelhos e tornozelos.





Alimentos recomendados para reduzir o ácido úrico


Ter ácido úrico alto pode levar a doenças como cálculos renais, gota, síndrome metabólica ou hipertensão. Se você quer prevenir esse tipo de doença e evitar a hiperuricemia, você tem que controlar sua dieta para poder modificar o pH da urina e ajudar na sua eliminação, ingerindo poucas purinas e quase eliminando a frutose da dieta.


É importante evitar o jejum por longos períodos, não engordar, beber pelo menos dois litros de água por dia, não ingerir bebidas alcoólicas e não comer alimentos ricos em purinas. Na lista de alimentos que reduzem o ácido úrico estariam:


- Sopas como caldo de vegetais e caldo desnatado.


- Qualquer vegetal, leguminosa ou fruta.


- Carnes brancas como frango e peru e carne bovina, como carne vermelha (duas vezes por semana).


- Peixe branco: Pescada, linguado, galo.


- Azeite de oliva ou girassol.


- Açúcar ou mel (duas vezes por semana).


- Salsichas com menos de 10% de gordura.


- Leite desnatado.


- Qualquer bebida que não contenha álcool ou açúcar em excesso.


- Uma fruta por dia, selecionando apenas aquelas que não contenham muita frutose (kiwi, manga, morango, laranja, melão, abacaxi ou pêssego).





Alimentos não recomendados


Na dieta de pessoas com alto ácido úrico devem haver alimentos que só sejam ingeridos em momentos excepcionais. Eles seriam os seguintes:


- Caldos de carne gordurosos.


- Carnes vermelhas gordas, vísceras de animais, hambúrgueres e salsichas.


- Pato.


- Qualquer tipo de marisco.


- Salsichas gordurosas.


- Laticínios gordurosos: leite integral e queijo envelhecido.


- Álcool.


Alguns especialistas consideram que o tomate deve ser eliminado da dieta de pessoas com hiperuricemia devido ao seu alto teor de frutose. Porém, pode ser consumido de forma moderada, sem a necessidade de suprimi-lo, mas sabendo que é um vegetal com mais frutose do que uma fruta. Nos casos em que uma pessoa está tendo um ataque de gota, existem alguns alimentos que não devem ser consumidos de forma alguma, como carnes orgânicas, salsichas, carnes vermelhas ou frutos do mar.


Se você tem ácido úrico alto e não sabe como baixá-lo, vá ao especialista para dizer qual é a melhor dieta alimentar.