Como aliviar as cólicas menstruais naturalmente? | SOS Dr
SOS Dr

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Já possui cadastro? Acessar conta!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

Titulo Teste

Para realizar o agendamento ligue: 0800 580 9771

Ou agende pelo WhatsApp:

Muitas mulheres ficam mais sensíveis e têm cólicas antes e durante a menstruação. Esse desconforto é chamado de dismenorréia ou síndrome pré-menstrual (TPM) e costuma ser acompanhado de cólica.


No entanto, por incrível que possa parecer, para algumas mulheres, o desconforto dificilmente é doloroso. Mas para outras, as cólicas menstruais podem ser fortes o suficiente para interferir nas atividades diárias por alguns dias a cada mês.


As cólicas menstruais podem não ter uma causa identificável (chamada dismenorreia primária) ou ser o resultado de outro distúrbio (chamado dismenorreia secundária).



Mais De 50% Das Mulheres Com Dismenorreia Têm Dismenorreia Primária E, Em Cerca De 5% A 15% Dos Casos, A Cólica É Suficientemente Grave Para Interferir Nas Atividades Diárias E Levar Ao Absentismo Escolar Ou Do Trabalho



Acredita-se que a liberação de substâncias chamadas prostaglandinas durante a menstruação cause dismenorreia primária. Os níveis de prostaglandina são elevados em mulheres com dismenorreia primária. As prostaglandinas fazem com que o útero se contraia (como ocorre durante o parto), reduzindo o fluxo sanguíneo para o útero.


Essas contrações podem causar dor e desconforto. As prostaglandinas também tornam as terminações nervosas do útero mais sensíveis à dor.



A Falta De Exercícios E A Ansiedade Em Relação À Menstruação Também Contribuem Para As Cólicas Menstruais



As causas comuns de dismenorreia secundária são:

  • Endometriose: Tecido que normalmente está apenas no revestimento do útero (tecido endometrial) aparece fora do útero. A endometriose é a causa mais comum de dismenorreia secundária.
  • Miomas: Esses tumores não cancerosos são constituídos por músculos e tecido fibroso e crescem no útero.
  • Adenomiose: O tecido endometrial cresce dentro da parede do útero, fazendo com que cresça e inche durante a menstruação.




Mas Como Posso Saber Se Estou Tendo Cólicas Menstruais?


Sintomas físicos que podem ocorrer alguns dias antes da menstruação. Isso se deve às mudanças hormonais que seu corpo experimenta durante o ciclo menstrual.


Mas não se preocupe, não é algo universal e nem sempre acontece.


Há mulheres que sofrem de dismenorréia a cada ciclo, algumas apenas ocasionalmente, e outras nunca apresentam esses sintomas.


Pode ser apresentado de duas formas: a que afeta a parte física e a que afeta a parte emocional. Eles podem até ocorrer ambos ao mesmo tempo.


Os sintomas físicos são:


  • Sensibilidade, inchaço e dor nos seios.
  • Dor de cabeça.
  • Tontura
  • Esteja com mais fome do que o normal.
  • Problemas na derme, como aparecimento de espinhas.
  • Dor de estômago
  • Aumento de peso.
  • Inchaço nas mãos, pés e barriga.
  • Cólicas menstruais e dor no abdômen.
  • Cansaço e necessidade de dormir mais.
  • Dores musculares e articulares.


Quanto aos sintomas emocionais, você pode sentir o seguinte:


  • Mudanças de humor
  • Uma vontade repentina de chorar.
  • Tristeza, tensão, ansiedade ou depressão.
  • Dificuldade de concentração.
  • Problemas para dormir.
  • Sentindo-se mais irritado e com raiva do que de costume.
  • Mudanças no desejo sexual
  • Pouca vontade de socializar.


Você não precisa sofrer todos os sintomas, eles podem até mudar de um mês para o outro, já que cada TPM é diferente.





Agora, como você pode aliviar essa cólica menstrual desconfortável e dolorosa? Aqui estão algumas maneiras de aliviar seus sintomas.


Como Aliviar As Cólicas Menstruais?


  • Tome analgésicos de venda livre, como ibuprofeno, naproxeno e paracetamol. Deve sempre seguir as instruções de uso e consultar o seu médico antes de os tomar.
  • Faça exercícios aeróbicos regularmente, como caminhar, andar de bicicleta, nadar ... Praticar exercícios de respiração, Pilates, ioga ou meditação também pode ajudá-lo.
  • Tome um banho quente ou coloque uma fonte de calor em sua barriga ou parte inferior das costas
  • Uma alimentação saudável é essencial. Inclua muitas frutas, vegetais, grãos inteiros e iogurte em sua dieta.
  • Reduza a gordura, o sal, o açúcar, a cafeína e o álcool.
  • Incorpore vitaminas suficientes em sua dieta diariamente. O magnésio e a vitamina E serão de grande ajuda, assim como o cálcio.
  • Coloque um travesseiro no abdômen ou na parte inferior das costas.
  • Descanse o suficiente.




Além dos medicamentos que mencionamos antes para atenuar as dores menstruais, abaixo, oferecemos alguns remédios caseiros que também podem ser de grande ajuda.


  • Infusões de camomila ou canela. A camomila é um remédio muito eficaz contra os sintomas da dismenorreia. Além disso, a canela alivia as cólicas graças à sua ação antiespasmódica e antiinflamatória.
  • Leite com cebola. Ferva um litro de leite com 250 gramas de cebola por 15 minutos. Deixe a mistura descansar e consumir a cada 45 minutos quando sentir dores, você verá como isso os alivia.
  • Manjericão. Graças ao ácido cafeico, é muito eficaz para acalmar as cólicas menstruais.
  • A inalação de uma planta também acalma as cólicas, como: lavanda, manjerona, erva-cidreira, zimbro, hortelã-pimenta e alecrim.
  • Ruivo. Suas propriedades antiinflamatórias e antiespasmódicas tornam-no outro remédio eficaz para o alívio da dor menstrual.


Como dissemos antes, as cólicas menstruais afetam todas as mulheres em seus períodos menstruais, em menor ou maior grau, mas se a dor menstrual for muito intensa e os analgésicos não ajudarem, consulte o seu médico.