SOS Dr

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Já possui cadastro? Acessar conta!

E-mail ou senha informados está incorreto.

Não é cadastrado? Cadastre-se agora!

Titulo Teste

Para realizar o agendamento ligue: 0800 580 9771

Ou agende pelo WhatsApp:

Você está em: UNIDADE MARÍLIA

Seja em bolos, tortas, sobremesas, sorvete e bebidas, lá está o açúcar refinado. Apesar de ser apontado como grande inimigo da alimentação saudável, muitas pessoas não abrem mão dele por terem dificuldade em encontrar outros substitutos.


Mas você sabe o real motivo do açúcar refinado ser tão nocivo à saúde? Para ter este aspecto branco e fino, ele recebe diversos aditivos químicos no seu processo de industrialização, o que acaba removendo todos os nutrientes presentes na cana. Além disso, por conta de sua fermentação, a digestão sofre prejuízos importantes.


O açúcar branco também pode se tornar ‘viciante’, já que ele é capaz de alterar a produção química cerebral liberando hormônios que promovem bem-estar e prazer. Sendo assim, ao consumir o alimento em excesso, um individuo pode sofrer de sobrepeso ou obesidade e desenvolver enfermidades, como o diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e câncer.  



Felizmente, existem outras alternativas para substituir o açúcar refinado sem ter que sacrificar a saúde e o sabor dos alimentos e bebidas. Veja 7 substitutos do ingrediente: 




(Envato imagens)



1. Mel


Além de natural e saboroso, o mel é muito saudável, pois é rico em nutrientes, como cálcio, ferro, potássio e magnésio, e apresenta um grande potencial antioxidante. Ele também pode melhorar na digestão e ainda manter a flora intestinal, garantindo o bom funcionamento do sistema digestivo como um todo. Vale ressaltar, que para quem deseja emagrecer é necessário ponderar o consumo, uma colher possui aproximadamente 46 calorias. O produto também não é recomendado para diabéticos e pessoas com resistência à insulina. 




2. Açúcar mascavo


O açúcar mascavo é feito a partir da cana-de-açúcar, porém não passa por um processo de refinamento como o açúcar branco, o que faz com que seus nutrientes sejam conservados no produto final. Sendo assim, ele possui minerais como cálcio, magnésio, potássio e fósforo.

Entretanto, vale lembrar que embora ele tenha mais nutrientes, o açúcar mascavo tem praticamente as mesmas calorias que o açúcar branco e não deve ser consumido com frequência e nem utilizado em casos de diabetes.




3. Melado de cana-de-açúcar



O melado é um xarope produzido a partir da evaporação do caldo de cana ou durante a produção de rapadura, no qual possui coloração escura e um forte poder adoçante. Por não ser refinado, ele é rico nos mesmo minerais que o açúcar mascavo, possuindo cálcio, magnésio, potássio e fósforo.

Porém, ele também deve ser consumido apenas em pequenas quantidades por conta do seu alto teor de calorias e deve ser evitado em casos de diabetes e doenças renais.



4. Açúcar demerara 



O açúcar demerara ou cristal dourado é levemente refinado e fica no meio do caminho entre o açúcar mascavo e o refinado. Sua principal vantagem é que ele não recebe aditivos químicos. Como os grãos são maiores e um pouco mais difíceis de diluir, recomenda-se que ele seja triturado no liquidificador antes de ser consumido.



5. Açúcar de coco 



Uma opção muito interessante para quem está num processo de emagrecimento. O açúcar de coco tem baixo índice glicêmico, o que faz com que este açúcar seja absorvido mais devagar pelo organismo e diminui o risco de gerar picos de insulina devido ao seu consumo. Além disso, ele é minimamente processado e não recebe conservantes ao ser feito. É rico em vitaminas do complexo B, potássio, magnésio, ferro e zinco.




6. Stevia



Adoçante natural extraído da planta Stevia Rebaudiana Bertoni, podendo ser encontrado em supermercados e lojas de produtos naturais na forma de pó ou em gotas. O produto possui o poder de adoçar até 15 vezes mais que do o açúcar comum. Isto é, com pouca quantidade é possível obter o sabor doce. A stevia ainda não possui calorias e pode ser consumida por diabéticos, o que a torna um ótimo substituto do açúcar branco em bebidas como café e sucos. 





7. Xilitol



O xilitol é um adoçante produzido a partir do álcool obtido de frutas, vegetais, cogumelos e, até mesmo, algas marinhas. Tem o índice glicêmico baixo e o potencial para adoçar semelhante ao açúcar tradicional.